em branco

limão

(Ferrari)



eu sou a feira
sou sacola recheada
sou limão pra limonada
limão verde
no sinal vermelho
olho no espelho
cuidado sinal abriu
cambalhota meio fio

olha o limão
não tenha medo
ó meu irmão
meu limão
não é azedo
(não)

no cruzamento
ando sobre minha cruz
encosto no poste de luz
descanso a perna fraca
é via sacra
taiti, limão galego
submundo, subemprego

olha o limão
não tenha medo
ó meu irmão
meu limão
não é azedo
(não)

uma dúzia de doze
noves fora
meia dúzia de seis
pra senhora

2 comentários:

André Luiz disse...

Não importa, né? É tudo aparência...O limão pode não ser azedo, mas o outro vai sempre achar q é...A gente pode ter boa intenção...Mas o outro vai ver sempre sacanagem...É humano! E vai-se carregando a cruz!

André Dia(s,z)?

danielminchoni disse...

bembom hein bro?