em branco

Bola fora

Foi bola fora...
Fora do pensamento,
Foi muito mais que bola...
Foi suor na camisa...

Foi fé num mundo...
Incrédulo e frio,
Foi lágrima...
Grito indignado...

Foi um tal de roer unha...
Na hora do pênalti,
Foi sonho que durou...
Por 90 minutos...

Foi impulso...
pra eu rolar como bola,
(Tenho barriga pra isso!)
Rolar ao anônimato...

Bola fora do sonho,
Bola murcha no sistema...
Rasgada na engrenagem...

Só esperando o fim de semana...
Pro meu time me encher!

De vida, tesão...

Ou o saco, mesmo!!

2 comentários:

Jr. Magal disse...

muito bom André!!!
o que me enche o saco é a narração do galvão...rrsr
abraço!!

André Dia(s,z)? disse...

Junior! Mas se o Galvão filmar nóis, então tá beleza! rsrs...

Abraço!

André Dia(s,z)?