em branco

big-omelete-bang


No princípio era o ovo,
depois - big-bang! -
fez-se esse omelete de estrelas
planetas e vida
chamado universo.

Então, veio o homem,
se primeiro devorou o ovo ou a galinha
é questão mal resolvida,
o certo é: nunca mais parou de devorar,
devorou mar,
devorou rio,
devorou ar,
devorou bichos e plantas
quaisquer que lhe passassem pela frente,
só não bebeu ovos quentes de brontossauro
com um canudinho de bambu,
porque este teve a felicidade de não topar humanos
em todo o seu reinado.

O homem é único animal racional,
o único que tem bunda,
e o único cuja fome não cessa nunca.

Mas dizem que a uma eventual catástrofe atômica
só sobreviverão as baratas.
Isso até nascer um homem que coma ovos de barata.

Um comentário:

Caranguejúnior disse...

todos devoradores de ovo...
de ova...

massa Paulão!