em branco

ar vou

No primeiro dia da Papoetaria, no Tendal da Lapa, fizemos uma dinâmica de grupo que foi o pontapé inicial de toda a produção da oficina. O mote da dinâmica não foi extamente o ovo, mas a semente. Por isso este poema parece (apenas parece) estar um pouquinho fora do tema do mês, que na verdade engloba Ovo/Semente/Nascimento.

3 comentários:

Caranguejúnior disse...

Chique Paulão!!
demaisvore...

Anônimo disse...

Onde estão os editores desse país? Alguém pode me dizer? Paulo, sorte do que te enxergar primeiro.

Paulo D'Auria disse...

Ei, Anônimo, muuuito obrigado pelos elogios!!!

Adorei! Hehehe!