em branco

o casamento da magrela


Sr. Solto Eiro na Vida, aceita a Srta. Caloi Monark Magrela como sua aventureira companheira, para amá-la e pedalá-la (lá-lá, lá, lá-lá-lá Hey jude, dont make it bad / Take a sad song and make it better), na saúde e na ferrugem, até que o seu casamento com uma garota de carne e osso os separe, pendurando capacete e joelheira, esquecendo-a no fundo da garagem, criando barriga, filhos e futuro?

Um comentário:

disse...

Ora pois sim, Dr. Paulo, lembro mais da minha Caloi cor de vinho com adesivos do chiclete Splash do que do último namorado, que me deixava mais rubra de ódio do que a minha amada "magrela".