em branco

São Rivotril


São Rivotril
que estás no alto
da prateleira!
Bendito sois
entre as caixas
de remédios!
Socorrei-me,
pois parece que
irei explodir,
como bomba de São João!
Mas, João, nada pode fazer,
contra o demônio do stress
que me possui!
Só o suavizante manto
tarja-preta
que traz a paz das nuvens
à minha cabeça!
Antes: Puta que o pariu!
Agora: A dor de existir?
Sumiu! Sumiu! Sumiu!
Santo! Santo! São Rivotril!

6 comentários:

Tatiane Trajano disse...

Santo Rivotril!!

Caranguejúnior disse...

rsrsr nesse eu boto fé...

Paulo D'Auria disse...

Grande poema!
Obra-prima do André!!!

Fernanda ಌ disse...

André, já ia comprar, pena que é tarja preta. A propósito? Seu Dias, é com ésse, ou com zzzz?

Fernanda ಌ disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
eternamentecarpediem disse...

Já tomei... é bom para dormir sem ter que bater 3 antes...tarja preta é melhor que qualquer faoxa de caratê.

abç
Cidadão das nuvens